Atalho do Facebook

FICAMOS ALEGRES COM SUA VISITA

ESPERAMOS, QUE COM A GRAÇA SANTIFICANTE DO ESPIRITO SANTO, E COM O DERRAMAR DE SEU AMOR, POSSAMOS ATRAVÉS DESTE HUMILDE CANAL SER VEÍCULO DA PALAVRA E DO AMOR DE DEUS, NÃO IMPORTA SE ES GREGO, ROMANO OU JUDEU A NOSSA PEDRA FUNDAMENTAL CHAMA-SE CRISTO JESUS E TODOS SOMOS TIJOLOS PARA EDIFICACÃO DESTA IGREJA QUE FAZ O SEU EXODO PARA O CÉU. PAZ E BEM

AGRADECIMENTO

AGRADECEMOS AOS NOSSOS IRMÃOS E LEITORES, POR MAIS ESTE OBJETIVO ATINGIDO, É A PALAVRA DE CRISTO SEMEADA EM MILHARES DE CORAÇÕES. PAZ E BEM

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Ai de mim se não Evangelizar .


A igreja é desafiada e convocada por Deus para proclamar o evangelho do reino durante a sua peregrinação no mundo. Há uma carência e uma sede de Deus no mundo e a responsabilidade da igreja de Cristo é suprir a carência e saciar a sede das pessoas, levando Jesus ao conhecimento de todos (Marcos 16.15). Entendamos que a igreja é o indivíduo, ou seja, eu e você. A igreja não é o templo mas sim as novas criaturas que foram alcançadas pela palavra e se reúnem no templo para adorar. E esse conglomerado de pessoas que se chama igreja tem a missão de ir e proclamar o evangelho do reino a todas as pessoas. A igreja precisa ter um relacionamento com Deus, e esse relacionamento deve refletir no relacionamento com as pessoas. Primeiro a igreja precisa amar a Deus, se esse amor não existir, é impossível existir amor ao próximo. Dessa forma a missão (IDE) está principalmente ligada ao amor. A demonstração desse amor é quando renunciamos ao nosso conforto para promover o conforto de outros, é quando não nos preocupamos apenas com o nosso bem-estar, mas também com o bem-estar dos outros, não apenas na nossa alegria, mas também na alegria dos outros, não apenas com as nossas necessidades, mas ajudar a suprir as necessidades dos outros. Essa é uma característica de uma igreja que cumpre o IDE. A igreja precisa sair das quatro paredes do templo, avançar no resgate dos perdidos, proclamando as boas-novas de salvação, ela deve ser o canal de Deus para transformação da comunidade, promovendo a conservação dos valores morais e éticos que formam uma sociedade nos padrões estabelecidos por Deus. A igreja dever ser relevante na sociedade. O negócio da igreja é gente. A igreja é gente cuidando de gente. Servir aos outros deve ser a motivação central da igreja. O IDE de Jesus implica em sair da inércia, do comodismo e avançar, ir por todo mundo, e o propósito do IDE é pregar o evangelho. Foi concedida à igreja a missão de proclamar as boas novas do reino. Quando ainda não éramos igreja alguém que era igreja se dispôs a cumprir o IDE, e apresentou a nós o evangelho, nos transformado através dele em novas criaturas, em igreja. E nós que agora somos igreja temos a responsabilidade e o dever de demonstrar a nossa gratidão a Deus pela provisão da sua palavra e proclamar as boas novas. O nosso papel não é apenas falar, pregar, anunciar, mas também ensinar. O difícil não é falar, o difícil não é apresentar Cristo, o difícil é fazer com que permaneçam em Cristo. A palavra precisa ser proclamada e ensinada para que seja firmada e promova a transformação do indivíduo, para que ele se torne um membro e fortaleça o Corpo de Cristo, ou seja, se torne igreja. A proclamação da palavra não deve ser apenas no falar, mas principalmente no testemunho. O testemunho da igreja deve ser contundente, incontestável, que promova transformação em quem vê. A igreja deve ser um referencial para a sociedade, um fator diferenciador. Deve ser o sal e a luz. (Mt. 5.13-16). É chamada a fazer a diferença. Na qualidade de discípulos de Jesus, não devemos esconder a verdade que conhecemos. Tudo o que fazemos seja por palavras ou ações, fazemos para a gloria de Deus, (Cl 3.17) isso é a verdadeira igreja. A proclamação do evangelho deve ser feita a todas as pessoas. Esse é o ponto máximo da missão, que considero o mais importante. Nossa missão é ir e pregar a todas as pessoas (At 1.8). É possível alguém sozinho pregar em Jerusalém, Judeia, Samaria e até aos confins da Terra? Sim. Vamos a explicação da resposta: a missão ele é feita indo, orando, e contribuindo. Se eu não posso ir para outro estado ou país, eu posso ir até o meu vizinho, meu parente, meus colegas, meus amigos etc. Dessa forma Jerusalém (nossa cidade) está sendo alcançada. Posso orar e contribuir com os missionários que estão em outras cidades do nosso estado, dessa forma, Judéia (nosso estado) está sendo alcançada, da mesma forma com os missionários de outros estados alcançando Samaria (nosso país), e com os missionários de outras nações alcançando os confins da terra. Assim cada um de nós conseguimos fazer a missão de forma integral. Mas devemos entender que cada um tem um chamado especifico para a obra missionária. Somos chamados a fazer a obra localmente em nosso cotidiano, mas também o chamado para fazer a obra nos confins da terra. Precisamos pedir a Deus que nos mostre o chamado. Não podemos ter medo da resposta. Se temos medo da resposta de Deus para o chamado é porque ainda não somos igreja. Ainda não entendemos a missão. Percebemos então que se somos igreja de verdade, não há como fugir do chamado, da missão, da tarefa que foi designada a nós. A missão está presente em todos os momentos da igreja. O mundo tem sede de Deus, é preciso haver paixão pelas almas para que a igreja cumpra a missão. É tempo de avivamento, de despertamento da igreja para a missão. A seara é grande, os ceifeiros são poucos (Mt 9.37). São poucos os que se dispõem para a obra. Que haja despertamento! Paz e bem