Atalho do Facebook

FICAMOS ALEGRES COM SUA VISITA

ESPERAMOS, QUE COM A GRAÇA SANTIFICANTE DO ESPIRITO SANTO, E COM O DERRAMAR DE SEU AMOR, POSSAMOS ATRAVÉS DESTE HUMILDE CANAL SER VEÍCULO DA PALAVRA E DO AMOR DE DEUS, NÃO IMPORTA SE ES GREGO, ROMANO OU JUDEU A NOSSA PEDRA FUNDAMENTAL CHAMA-SE CRISTO JESUS E TODOS SOMOS TIJOLOS PARA EDIFICACÃO DESTA IGREJA QUE FAZ O SEU EXODO PARA O CÉU. PAZ E BEM

AGRADECIMENTO

AGRADECEMOS AOS NOSSOS IRMÃOS E LEITORES, POR MAIS ESTE OBJETIVO ATINGIDO, É A PALAVRA DE CRISTO SEMEADA EM MILHARES DE CORAÇÕES. PAZ E BEM

sábado, 25 de junho de 2011

DEUS ME ENTENDE ?

I Pedro 5.6-11
"6 Portanto, sejam humildes debaixo da poderosa mão de Deus para que ele os honre no tempo certo.
7 Entreguem todas as suas preocupações a Deus, pois ele cuida de vocês.
8 Estejam alertas e fiquem vigiando porque o inimigo de vocês, o Diabo, anda por aí como um leão que ruge, procurando alguém para devorar.
9 Fiquem firmes na fé e enfrentem o Diabo porque vocês sabem que no mundo inteiro os seus irmãos na fé estão passando pelos mesmos sofrimentos.
10 Mas, depois de sofrerem por um pouco de tempo, o Deus que tem por nós um amor sem limites e que chamou vocês para tomarem parte na sua eterna glória, por estarem unidos com Cristo, ele mesmo os aperfeiçoará e dará firmeza, força e verdadeira segurança.
11 A ele seja o poder para sempre! Amém!" I Pedro 5.6-11



O Eterno conhece o nosso sofrimento e os motivos de nossa aflição, Ele conhece os nossos medos e se compadece de nossa dor, Ele jamais esquece ou abandona seu escolhidos, Jesus, o filho de Deus passou por grande sofrimento e é o Espírito da Verdade que Ele nos deixou quem nos fortalece em nossos momentos de aflição. No momento da aflição a quem pergunte se Deus o compreende, mas antes há de se questionar a si mesmo se estamos sendo humildes e entregando todas as nossas preocupações nas mãos de Deus.
Enfermidade seja da carne ou do espírito traz consigo uma avalanche de sentimentos negativos, medo - incerteza - solidão - sofrimento - alguém que já esteve a beira do leito de um enfermo sabe que a pessoa enferma invariavelmente imagina que o pior irá acontecer com ela, não é só o seu medidor cardíaco que fica fraco, seu medidor de fé e de esperança também... Mas louvado seja Deus porque Ele proporciona que possamos sentir confiança, porque sabemos que podemos nos sentir seguros agora e nos momentos que virão porque Ele nos ama e jamais nos abandonará, Ele nos preenche completamente através do nome de Jesus!
Mas estejamos vigilantes, não pensemos que o inimigo é fruto da imaginação, ele é real e a palavra do Senhor diz que ele anda por aí como um leão que ruge procurando alguém para devorar, e no leito e no sofrimento ele se sente muito a vontade para atacar pois a fraqueza nos domina... ele é o nosso adversário, e como todo adversário usa de táticas para atrapalhar e confundir visando sua vitória, mas sabemos que seu poder é limitado, nossa vitória esta garantida pelo nome de Jesus e contra Deus ele nada pode!
Quanto estiver abatido, lembre-se da palavra do Senhor -


"Fiquem firmes na fé e enfrentem o Diabo porque vocês sabem que no mundo inteiro os seus irmãos na fé estão passando pelos mesmos sofrimentos." I Pedro 5.9


Resistam, fiquem firme, esta é a orientação bíblica, lembre-se que o inimigo sempre irá procurar impedir a obra de Deus na sua vida e para tanto usará de todos os artifícios, anime a si mesmo e as pessoas com estas palavras -


"Mas, depois de sofrerem por um pouco de tempo, o Deus que tem por nós um amor sem limites e que chamou vocês para tomarem parte na sua eterna glória, por estarem unidos com Cristo, ele mesmo os aperfeiçoará e dará firmeza, força e verdadeira segurança." I Pedro 5.10



Ele o chamou por meio de Cristo, aceita-O a cada dia, peça para Ele renovar suas forças a cada dia, confia NEle a cada dia, porque Ele te compreende em todos os momentos e DEle é o poder!

MURMURAÇÕES, PORQUE ?

No mundo as pessoas são estimuladas a reclamar, fazer greves, reivindicar direitos etc.
Na igreja o conselho é outro; Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas.
Murmuração e seus derivados aparecem quarenta vezes na bíblia. O numero quarenta representa o limite máximo que o homem pode suportar , portanto a murmuração é um pecado comum e grave entre o povo de Deus.

Porque na Igreja tanta gente murmura?
I- Deixam, ou param de vigiar –
a) O diabo fica de olho na pessoa que levanta de manhã faz oração ao Pai celestial, canta . Quando o cristão esta alegre o inimigo procura frustrar essa comunhão, fazendo-o murmurar. É uma pedrinha para tropeçar ou qualquer outro imprevisto.
Se a pessoa valoriza mais os problemas esquecendo as bênçãos, está murmurando.

Jonas 4: 8 – Quem já pregou um sermão que faça convencer o prefeito ou governador, impactando levando-os ao jejum?
Pois bem! Aconteceu com Jonas, mas depois disso queria a morte.
b) Quando o diabo quer fazer murmurar coloca vendas nos olhos. As pessoas olham para as coisas e não percebem. Jó 15:11
Se o vizinho tem tudo sem Deus, e nós não temos nada, mas temos Deus, não há razão para murmurarmos.
c) Murmuram porque perderam o amor fraternal
Quem não ama seu irmão é homicida deveria ir pra cadeia. I Jo 3:15,
É mentiroso, não amigo. – Sl 41:7
d) - Murmuram porque são perseguidos por demônios
É muito forte essa, mas é a verdade, demônios da insatisfação.
O magro chega diante do espelho e diz: Oh! Meu Deus será que não vou engordar nunca? O obeso reclama, o baixinho diz: estou cansado de ser chamado de Zaqueu. Eu ganho uma mixaria.
Esse Padre. Grita demais. Ele fala tão devagar, faz a gente dormir. Esse Padre. vai de um lado ao outro do altar, parece que vai decolar.

II- A pessoa do murmurador não tem lugar nos céus
Na bíblia vemos: prostituta ( Raabe), defraudador de imposto( Zaqueu) , ladrão , todos conversos e salvos , mas não encontramos murmuradores salvos .
a) Todo murmurador é mentiroso

Números 16:41 - Quando a terra engoliu vivos 250 homens que foram assistir a Coré, Datã e Abirão.

1) No outro dia os murmuradores acusaram Moisés e Arão de terem matado o povo do Senhor. (Foi Deus quem matou)

2) O povo do Senhor eram milhões , e foram mortos 250 pessoas

3) Eles jamais eram povo do Senhor , eram sim , murmuradores, e por isso foram mortos.

b) O murmurador encontra defeito em tudo
O Padre, prega quinze minutos. Esse padre está sem repertório. Quando prega uma hora, o Padre. quer matar a gente. Quando o Padre. coloca algum outro para ensinar, os murmuradores dizem: Ele ganha para isso, porque outros devam estar falando em seu lugar? Quando não coloca ninguém para falar. Esse Padre. só pensa nele, só ele é que fala, e os demais  para que serve?

Estou enfadado de ouvir esses cantos.

Hi! Já vem com essa historia de Dizimo de novo? Pra que fazer almoço pra tanta gente fica caro! Podia vender essas doações e repartir com os pobres. (Mc 14: 5)

c) Murmuração contra falta de amor
Aqui o povo não tem amor. Quanto tempo faz que o Padre. não me visita!
Não vê a gente!


CONCLUSÃO - Acabamos de ver, através dessa mensagem, que a murmuração não provem de Deus. A murmuração gera fofocas.
A murmuração é uma maldição que as pessoas adquirem.
Não seja um murmurador,mas seja uma bênção para igreja e para você mesmo.

terça-feira, 21 de junho de 2011

A FALTA DE AMOR É A MAIOR DE TODAS AS POBRESAS !!!!

Madre Teresa de Calcutá (1910 – 1997)- Agnes Gonxha Bojaxhiu nasceu numa família católica da comunidade albanesa do sul da antiga Iugoslávia. Foi educada numa escola pública e, ainda jovem, tornou-se solista no coro da igreja. Determinada a seguir sua vocação religiosa, Agnes ingressou na Congregação Mariana. Em setembro de 1928, ingressou na Casa das Irmãs de Nossa Senhora do Loreto, em Dublin, na Irlanda. De lá partiu para a cidade de Darjeeling, na Índia, onde as irmãs de Loreto tinham um colégio, em 1931. Lá fez noviciado e finalmente fez os votos de obediência, pobreza e castidade, tomando o nome de Teresa.
De Darjeeling, Teresa partiu para Calcutá, onde viveu como religiosa e foi professora de história e geografia no Colégio Santa Maria, único colégio católico para meninas ricas da cidade de Calcutá. O contraste com a pobreza à sua volta era muito grande. Em maio de 1937, Teresa fez a profissão perpétua. A revelação ocorreu em setembro de 1946, durante uma viagem de trem. Madre Teresa ouviu um chamado interior que a incitou a abandonar o convento de Loreto, em Calcutá, e passar a viver entre os pobres. Em 1948, autorizada pelo Papa Pio XII, Teresa foi “viver só, fora do claustro, tendo Deus como único protetor e guia, no meio dos mais pobres de Calcutá”. Em dezembro do mesmo ano, conseguiu a nacionalidade indiana.
Teresa passou a usar um traje indiano, um sári branco com debruns azuis e uma pequena cruz no ombro. Pedindo ajuda nas ruas, auxiliava pobres, doentes e famintos. Pouco a pouco, foi angariando adeptas para sua causa entre as antigas alunas. Em 1950, fundou uma congregação de religiosas. Madre Teresa fundou casas religiosas por toda a Índia e, depois, no exterior. Fundadora dos Missionários e das Missionárias da Caridade. Ícone do Bom Samaritano, ela ia a toda parte para servir Cristo nos mais pobres entre os pobres. “Esse é um trecho da homilia do Papa João Paulo 2o durante o ritual de beatificação de Madre Teresa de Calcutá, em outubro de 2003. Seu trabalho obteve grande repercussão.
Em 1979, Madre Teresa recebeu o prêmio Nobel da Paz, pelos serviços prestados à humanidade. Depois de dedicar toda uma vida aos pobres, Madre Teresa de Calcutá morreu aos 87 anos, de parada cardíaca.
“O Senhor não daria banho a um leproso nem por um milhão de dólares? Eu também não. Só por amor se pode dar banho a um leproso.”
“Não devemos permitir que alguém saia da nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz.”
“É fácil amar os que estão longe. Mas nem sempre é fácil amar os que vivem ao nosso lado.”
“Todas as nossas palavras serão inúteis se não brotarem do fundo do coração. As palavras que não dão luz aumentam a escuridão.”
“A falta de amor é a maior de todas as pobrezas.”
“O que eu faço é simples: ponho pão nas mesas e compartilho-o.”
“Quem julga as pessoas não tem tempo para amá-las”.
“A todos os que sofrem e estão sós, dai sempre um sorriso de alegria. Não lhes proporciones apenas os vossos cuidados, mas também o vosso coração.”
“Não utilizemos bombas e armas para dominar o mundo. Vamos usar amor e compaixão.
A paz começa com um sorriso – sorri cinco vezes por dia para alguém a quem não gostarias realmente de sorrir – faze isso pela paz.
“Então vamos irradiar a paz de Deus e assim acender a Sua luz e extinguir do mundo e dos corações de todos os homens todo o ódio e amor pelo poder.”
“O bem que fazes será esquecido. Não importa: Faz o bem. Dás ao mundo o melhor de ti e serás perseguido. Não importa: Dá o melhor de ti.”
“Um coração feliz é o resultado inevitável de um coração ardente de amor.”
“O amor é a fruta da época de todas as estações e está ao alcance de cada mão. Qualquer um pode colhê-lo, sem limites estabelecidos.”
“A raiz de todos os males é o egoísmo.”
“As palavras de Jesus: Amem uns aos outros como eu vos amei não devem ser apenas uma luz para nós, mas uma chama que arda dentro de nós.”
“O homem é ilógico e egoísta. Não importa: Ama-o. Aquilo que construíste pode ser destruído num momento. Não importa: Constrói-o.”
“A força mais potente? A fé em Deus.”
“Não espere por líderes. Faça você mesmo, pessoa por pessoa.”
“Não podemos fazer grandes coisas na terra. Tudo o que podemos fazer são pequenas coisas com muito amor.”
“Os animais foram criados pela mesma mão caridosa de Deus que nos criou… É nosso dever protegê-los e promover o seu bem-estar.”
“Eu sinto que o grande destruidor da paz hoje é o aborto, porque é uma guerra contra a criança, uma matança direta de crianças inocentes, assassinadas pela própria mãe. E se nós aceitamos que uma mãe pode matar até mesmo o seu próprio filho, como é que podemos dizer às outras pessoas para não se matarem?”
“A primeira necessidade? Comunicar-se.”
“A defesa mais eficaz? O sorriso.”
“Sei que meu trabalho é uma gota no oceano, mas sem ele, o oceano seria menor.”
“Acredito que o mundo hoje está de ponta cabeça e sofre muito porque existe tão pouco amor no lar e na vida familiar. Não temos tempo para nossas crianças, não temos tempo para nos darmos uns aos outros, não temos tempo para apreciarmos uns aos outros.”
“O amor começa em casa; o amor habita nos lares e é por isso que existe tanto sofrimento e tanta infelicidade no mundo… Todos, hoje em dia, parecem estar com tanta pressa, ansiosos por grandes desenvolvimentos e grandes riquezas e assim por diante, de modo que as crianças não têm tempo para os pais. Os pais têm pouco tempo para darem-se uns aos outros, e no próprio lar começa a destruição da paz do mundo.”
“Eu vejo Deus em cada ser humano. Quando limpo as feridas do leproso, sinto que estou cuidando do próprio Senhor. Não é uma experiência maravilhosa?”
“Às vezes pensamos que a pobreza é apenas fome, nudez e desabrigo. A pobreza de não ser desejado, não ser amado e não ser cuidado é a maior pobreza. É preciso começar em nossos lares o remédio para esse tipo de pobreza.”
“Nós mesmos sentimos que o que fazemos é uma gota no oceano. Mas o oceano seria menor se essa gota faltasse.”
“O milagre não é realizarmos esse trabalho, mas que sejamos felizes fazendo-o.”
“Se você julga as pessoas, não tem tempo de amá-las.”
“Tento dar aos pobres de amor o que os ricos conseguem com o dinheiro. Não, eu não trocaria um leproso por mil pounds; contudo, de boa vontade o curarei pelo amor de Deus.”
“Encontrei um paradoxo, que se você amar até doer, não poderá haver mais dor, somente amor.”
“Não sei ao certo como é o Paraíso, mas sei que quando morrermos e chegar o tempo de Deus nos julgar, Ele NÃO perguntará, Quantas coisas boas você fez em sua vida?, antes ele perguntará, Quanto AMOR você colocou naquilo que fez?”
“Sou uma pequena caneta na mão de Deus que envia cartas de amor ao mundo.”
“Nesta vida, não podemos realizar grandes coisas. Podemos apenas fazer pequenas coisas com um grande amor.”
“Precisamos encontrar Deus, e não podemos fazê-lo com barulho e desassossego. Deus é amigo do silêncio. Veja como a natureza – árvores, flores, grama – crescem no silêncio; veja as estrelas, a lua e o sol, como se movem em silêncio… Precisamos de silêncio para sermos capazes de tocar almas.”
“A falta de amor é a maior de todas as pobrezas.”

COISAS PARA REFLETIR

PORQUE NÃO TEMOS TEMPO PARA DEUS ?


Não é engraçado como uma hora é tão longa quando servimos a Deus mas,
tão curta quando estamos nos divertindo?

Não é engraçado como não achamos tempo para falar com Deus,
mas temos tanto tempo para as coisas supérfulas?
Não é engraçado como não achamos as palavras
quando resolvemos orar a Deus, mas elas estão sempre
na ponta da língua para conversarmos com nossos semelhantes?
Não é engraçado sentirmos tanto sono
ao lermos um trecho do evangelho de Jesus,
mas é tão rápido e fácil ler um livro de romance?
Não é engraçado como ensaiamos tantas semanas
para ir a casa de Deus, mas, para outros programas
estamos sempre prontos e disponíveis?
Não é engraçado como temos dificuldade a aprender a evangelizar,
mas é fácil contar as fofocas da vida alheia?
Não é engraçado, que neste momento, tenham surgido tantas coisas
engraçadas na sua cabeça, que aqui não foram mencionadas?
Não é engraçado termos tão pouca intimidade com Deus,
nosso Pai Celestial e termos grande intimidade com pessoas
que não nos acrescentam nada?
Um desafio para você!!! Colocar Deus dentro do seu coração!!!

A FORÇA DAS PALAVRAS



Adeus: É quando o coração que parte deixa a metade com quem fica.
Amigo:
É alguém que fica para ajudar quando todo mundo se afasta.
Amor ao próximo:
É quando o estranho passa a ser o amigo que ainda não abraçamos.
Caridade
: É quando a gente está com fome, só tem uma bolacha e reparte.
Carinho:
É quando a gente não encontra nenhuma palavra para expressar o que sente e fala com as mãos, colocando o afago em cada dedo.
Ciúme:
É quando o coração fica apertado porque não confia em si mesmo.
Cordialidade:
É quando amamos muito uma pessoa e tratamos todo mundo da maneira que a tratamos.
Doutrinação:
É quando a gente conversa com o Espírito colocando o coração em cada palavra.
Entendimento
: É quando um velhinho caminha devagar na nossa frente e a gente estando apressado não reclama.
Evangelho:
É um livro que só se lê bem com o coração.
Evolução:
É quando a gente está lá na frente e sente vontade de buscar quem ficou para trás.
Fé:
É quando a gente diz que vai escalar um Everest e o coração já o considera feito.
Filhos
: É quando Deus entrega uma jóia em nossa mão e recomenda cuidá-la.
Fome:
É quando o estômago manda um pedido para a boca e ela silencia.
Inimizade:
É quando a gente empurra a linha do afeto para bem distante.
Inveja:
É quando a gente ainda não descobriu que pode ser mais e melhor do que o outro.
Lágrima:
É quando o coração pede aos olhos que falem por ele.
Lealdade:
É quando a gente prefere morrer que trair a quem ama.
Mágoa:
É um espinho que a gente coloca no coração e se esquece de retirar.
Maldade:
É quando arrancamos as asas do anjo que deveríamos ser.
Mediunidade com Jesus:
É quando a gente serve de instrumento em uma comunicação mediúnica e a música tocada parece um noturno de Chopin.
Morte:
Quer dizer viagem, transferência ou qualquer coisa com cheiro de eternidade.
Netos:
É quando Deus tem pena dos avós e manda anjos para alegrá-los.
Obsessor:
É quando o Espírito adoece, manda embora a compaixão e convida a vingança para morar com ele.
Ódio:
É quando plantamos trigo o ano todo e estando os pendões maduros a gente queima tudo em um dia.
Orgulho
: É quando a gente é uma formiga e quer convencer os outros de que é um elefante.
Paz:
É o prêmio de quem cumpre honestamente o dever.
Perdão:
É uma alegria que a gente se dá e que pensava que jamais a teria.
Perfume:
É quando mesmo de olhos fechados a gente reconhece quem nos faz feliz.
Pessimismo:
É quando a gente perde a capacidade de ver em cores.
Preguiça:
É quando entra vírus na coragem e ela adoece.
Raiva:
É quando colocamos uma muralha no caminho da paz.
Reencarnação:
É quando a gente volta para o corpo, esquecido do que fez, para se lembrar do que ainda não fez.
Saudade:
É estando longe, sentir vontade de voar, e estando perto, querer parar o tempo.
Sexo:
É quando a gente ama tanto que tem vontade de morar dentro do outro.
Simplicidade:
É o comportamento de quem começa a ser sábio.
Sinceridade:
É quando nos expressamos como se o outro estivesse do outro lado do espelho.
Solidão:
É quando estamos cercado por pessoas, mas o coração não vê ninguém por perto.
Supérfluo:
É quando a nossa sede precisa de um gole de água e a gente pede um rio inteiro.
Ternura:
É quando alguém nos olha e os olhos brilham como duas estrelas.
Vaidade:
É quando a gente abdica da nossa essência por outra, geralmente pior.

LUCAS 6

27- Mas a vós que ouvis, digo: Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam,
28- bendizei aos que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam.
29- Ao que te ferir numa face, oferece-lhe também a outra; e ao que te houver tirado a capa, não lhe negues também a túnica
30- Dá a todo o que te pedir; e ao que tomar o que é teu, não lho reclames
31- Assim como quereis que os homens vos façam, do mesmo modo lhes fazei vós também
32- Se amardes aos que vos amam, que mérito há nisso? Pois também os pecadores amam aos que os amam
33- E se fizerdes bem aos que vos fazem bem, que mérito há nisso? Também os pecadores fazem o mesmo
34- E se emprestardes àqueles de quem esperais receber, que mérito há nisso? Também os pecadores emprestam aos pecadores, para receberem outro tanto
35- Amai, porém a vossos inimigos, fazei bem e emprestai, nunca desanimado; e grande será a vossa recompensa, e sereis filhos do Altíssimo; porque ele é benigno até para com os integrantes e maus.
36- Sede misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso.
37- Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; perdoai, e sereis perdoados
38- Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando vos deitarão no regaço; porque com a mesma medida com que medis, vos medirão a vós.

Oração do Perdão
Eu o (a) perdoei, e você perdoou
eu e você somos um só perante Deus.
Eu o (a) amo, e você me ama também;
eu e você somos um só perante Deus,
Eu lhe agradeço, e você me agradece.
Obrigado, obrigado, obrigado…
Não existe mais nenhum ressentimento entre nós,
Oro sinceramente pela sua felicidade.
Seja cada vez mais feliz…
Deus o (a) perdoa.
Portanto eu também o (a) perdoo.
Eu perdoei a todas as pessoas.
Eu acolho a todas elas com o Amor de Deus.
Da mesma forma, Deus me perdoa os erros e
acolhe-me com seu imenso Amor.

“Perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos quem nos tem ofendido”
Jesus de Nazaré no Pai Nosso


MATEUS , 7 :12

Mateus 7:12 Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós, porque esta é a lei e os profetas.
O mundo hoje vive em total desgraça, fome, peste, e guerra, é apenas o principio das dores assim diz as sagradas escrituras, em outras palavras isto é apenas o começo, do quem ainda vem pela frente. As pessoas ao passar do tempo tem se afastado mais e mais de Deus, muitas das vezes buscando seu próprio interesse, sem tempo pra nada, assim a vida torna-se uma grande correria, nos tempos atuais o homem anda muito ocupado, não há tempo para mais nada a não ser para seu próprio interesse, muitas das vezes passando por cima de tudo e de todos, para adquirir os seus desejos e cobiças. E ai daqueles que quiserem entrar na sua frente (tomar o seu caminho)
Há se todos os homens do mundo tivessem o entendimento e conhecimento das suas palavras Senhor, e as colocassem em pratica, assim acabaria com todas as desgraças do mundo enfrentadas pela humanidade.
No evangelho segundo escreveu Mateus no capitulo 7:12 o senhor Jesus nos mostra a saída para toda a desgraça existente no mundo, ele disse: Façam aos outros o que querem que eles façam a vocês mesmo. Pois fazendo assim acabaria com o crime em geral, ninguém odiaria o seu irmão, ninguém roubaria ninguém mataria, ninguém mentiria ou enganaria seu irmão. Pois antes de fazer algumas dessas coisas más ao seu irmão, de antemão iria acontecer o mesmo com ele. Só que a humanidade por não conhecer a palavra de Deus, não tem conhecimento de uma LEI, divina que é o principio de todas as coisas existentes na terra, a LEI  da semeadura, não é descrita de maneira legível, mais quem conhece a palavra de Deus a sabe muito bem.
Jó 4:8 Segundo eu tenho visto, os que lavram iniquidade e semeiam o mal segam isso mesmo.
Provérbios 22:8 O que semear a perversidade segará males; e a vara da sua indignação falhará.
Gálatas 6:7 Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.

Os homens vivem uma vida alheia a fé, muitos não querem crê em Deus, em um criador de tudo e todas as coisas, eternamente maior do que eles, pois muitos dos homens se tornam seu próprio deus, assim o mundo caminha a passos largos de mal a pior. Cada dia que se passa suas vidas é como um pesadelo que nunca acaba nunca se acorda para a vida real. Pois se esquecem que são apenas o pó da terra, e para Deus o criador é como o nada. O senhor faz uma comparação de toda a humanidade com um pingo de água em um balde, e vai mais a frente os compara com uma minúscula e insignificante, partícula de poeira em cima de uma balança! Realmente é um nada.
Isaías 40:15,17  Eis que as nações são consideradas por ele como a gota de um balde e como o pó miúdo das balanças; eis que lança por aí as ilhas como a uma coisa pequeníssima.
17 Todas as nações são como nada perante ele; ele considera-as menos do que nada e como uma coisa vã.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

A PALAVRA DE DEUS É ESPADA

Efésios 6:17 - Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;

O Apóstolo Paulo, ao nos alertar contra as forças malignas que nos odeiam, manda os cristãos vestirem a “armadura de Deus”. A Bíblia, diz ele, é nossa arma de ataque: “Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus” (Efésios 6:17).

A história humana revela tempos tenebrosos, quando os assim chamados “cristãos” empunharam espadas de aço, para matar em nome de Deus. As guerras “religiosas” não tinham nada de santas – eram lutas pelo poder, pelas riquezas, movidas pelo ódio.

A guerra verdadeira do cristão é de natureza espiritual. Nela, nossa vitória já está garantida – mas sob uma condição: que aceitemos a proteção do Senhor. E, para confirmar que a guerra depende realmente do Senhor, recebemos uma única arma “ofensiva”. Só que uma arma não feita de aço, mas a “espada do Espírito”. Todas as vezes que nos esquecemos da Bíblia o que vos sobra é lutar com armas humanas, ao invés de empunhar “a palavra de Deus”. O lembrete de Paulo é claro: nossa luta é espiritual. E a nossa espada é a Bíblia.

A ALEGRIA VEM PELA MANHÃ

Salmos 30:5 - Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.

O salmista nos garante que nosso choro não é permanente: “... O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã” (Salmo 30:5).

Quando o choro nos assoberba, parece que tudo vira noite escura. Mesmo quando, fora de nós, o sol esteja radiante e cálido. Porque a alegria dos outros só faz nossa tristeza parecer pior e desrespeitada. “O choro pode durar uma noite” e, na verdade, dura. Quanto mais quentes e sentidas são nossas lágrimas, mais comprida e triste parece nossa noite.

O choro do cristão, entretanto, é condenado a durar por uma noite. Para aquele que tem o amor de Cristo, não existe lágrima que não seja enxugada pelo Senhor. Após a noite do pranto, temos o direito e, talvez o dever, de esperar pela manhã do Cristo que, com Sua luz e poder, substitui o choro pela alegria. A manhã do Cristo sempre nasce em nossa alma, por mais doloroso que tenha sido o nosso choro. Por mais humilhante e raivoso que ele tenha sido. O Senhor nos inunda com alegria, pelo poder curativo do Seu amor, pela iluminação da Sua luz. A alegria sempre vem pela manhã.

EIS-ME AQUI

Isaías reconheceu que era impuro e que habitava no meio de um povo impuro. Aí, o Senhor perguntou sobre quem se disporia a dizer estas coisas ao povo, em nome de Jeová. Ao que Isaías retrucou: “Então, disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim” (Isaías 6:8).

O cristianismo de denúncia é fácil. A descrição das mazelas do povo apenas exibe que a pessoa seja bem informada e tenha o dom da comunicação. Talvez, até, requeira que a pessoa tenha chegado ao seu limite de agüentar os erros. A experiência do futuro profeta Isaías nos ensina que o momento de reconhecimento dos desmandos é uma parte necessária. Necessária, mas não suficiente. Se não, corremos o perigo de acreditar que a simples atitude de denunciar resolve, por si mesmo, as coisas erradas.

É neste contexto que o Senhor pergunta: Muito bem – é que se dispões a se envolver com as pessoas, ensinando-as a caminhar do jeito que Eu determino? “A quem enviarei?” “Eis-me aqui” é a postura da disponibilidade. É a disponibilidade para ouvir o Senhor. E é a disponibilidade para proclamar “assim diz o Senhor. “Sua conseqüência, sempre, é: “envia-me a mim”.