Atalho do Facebook

FICAMOS ALEGRES COM SUA VISITA

ESPERAMOS, QUE COM A GRAÇA SANTIFICANTE DO ESPIRITO SANTO, E COM O DERRAMAR DE SEU AMOR, POSSAMOS ATRAVÉS DESTE HUMILDE CANAL SER VEÍCULO DA PALAVRA E DO AMOR DE DEUS, NÃO IMPORTA SE ES GREGO, ROMANO OU JUDEU A NOSSA PEDRA FUNDAMENTAL CHAMA-SE CRISTO JESUS E TODOS SOMOS TIJOLOS PARA EDIFICACÃO DESTA IGREJA QUE FAZ O SEU EXODO PARA O CÉU. PAZ E BEM

AGRADECIMENTO

AGRADECEMOS AOS NOSSOS IRMÃOS E LEITORES, POR MAIS ESTE OBJETIVO ATINGIDO, É A PALAVRA DE CRISTO SEMEADA EM MILHARES DE CORAÇÕES. PAZ E BEM

quinta-feira, 22 de julho de 2010

DEVANEIOS DE MEUS PENSAMENTOS.

"Valer-se de um evangelho de testemunho, sem a via da confissão fraternal, da vida eclesiástica comunitária, da interdependência e transparência cristã, desfecha e desencadeia um cristianismo resignado com as marcas de uma geração orfã de sentido, de uma ética e espiritualidade humanizadora e de um novo ser na existência humana."

Por alguns instantes, parei no espelho e escolhi remover a maquiagem das interpretações diárias. Ali, naquele banheiro, um reduto para a confirmação da fugacidade e puerilidade de sonhos, de conquistas e convicções. O silêncio ressoava mais um fenecer do dia. Passei as mãos na face e as lágrimas escorriam pelos desfiladeiros dos anos.
Pouco importou, devo confessar, os devaneios de idéias e verdades, num redemoinho de intrigas e dúvidas. Ousei, então, o convite de recomeços e alforriado das desculpas esfarrapadas e dos tolos remorsos, compreendi ou tenho compreendido que nem sempre, muito embora, esteja no momento certo, tudo funcionará conforme desenhado na prancheta.
Afinal de contas, viver tem um quê de mudanças não previstas e as decisões vão além de meros cálculos geométricos. Digo isso, porque, nesses critérios, há um imiscuir de emoções, de pulsações, de centelhas oníricas, de lágrimas petrificadas e de uma espiritualidade no limbo das incógnitas.
Sem hesitar, hoje percebo que estender as mãos pode ser a mais valorosa serventia; de que respeitar as fronteiras, constitui a mis singela postura de transparência e humildade. Talvez esteja, paulatinamente, a evitar de fazer o outro da cisterna das minhas desolações; de usar de maneira sórdida as fragilidades de histórias alheias a fim de provar uma estúpida capacidade de domínio, de poder e controle.
É bem verdade, as vezes, ou muitas, insisto no erro de querer ser o destino, a sorte e a realidade do próximo. Ao invés de, tão somente, partilhar e participar da vida. Deixar de lado os fardos das aparências, ter a coragem de abandonar as máscaras e, enfim, ser livre, caminhar pela liberdade e entoar o cântico libertário.
Ainda me falta, devo reconhecer, um ritmo cadenciado, uma melodia mais melíflua. Melhor assim, pelo menos aceitarei, sem nenhuma réstia de comiseração, o quanto sou semelhante e singular. Por fim, encerro essas palavras, esses ensaios de um pensamento e espero deixar a importância da amizade, do companheirismo e do próximo nas memórias e lembranças da nossa eternidade.

E VOCÊ ACREDITA EM MILAGRES ?

Aquele que ler a Bíblia e achar que milagre advindo da aflição, não é sinal do cristão está lendo a Santa Escritura, mas não está compreendendo. O assunto tem estimulado filósofos, psicólogos e teólogos a pesquisarem centenas de testemunhos com aspiração sincera de se inteirarem sobre tão misteriosa graça pela provação.

O milagre existe e não importa quantas explicações tentemos fornecer. Mas junto com ele, o cristão carrega a certeza da prova que sua fé terá que passar com Deus, porque Deus é o Deus da consolação dos santos.
Havia um homem cuja situação era conhecida de toda igreja pelo seu sofrimento. Apesar de ser um homem participante dos cultos e eventos, e intercessor nas orações, ha anos passava por uma situação difícil; levava a vida no “quase”- quase não tem isso, quase não consegue aquilo... Seu emprego era modesto, e pouco remunerado; o carro já com o designer vencido, precisava de uma boa manutenção. Contudo ele sabia que suas orações, não era fruto de uma alma ferida, e que, os nossos sofrimentos mais secretos são conhecidos de Deus, e no momento certo, Ele nos consolará para não desanimarmos.
Certo dia, um bom homem de situação financeira estável se converteu a Cristo em sua igreja. E, ele foi indicado para ser o seu discipulador. Em pouco tempo o bom homem se convalesceu da sua situação, e propôs aos irmãos, a idéia de juntos, comprarem um carro (em sigilo), e doar a ele. Logo surgiram em meio aos irmãos, várias idéias, uma das quais, que havia pessoas com mais necessidade que ele. Mas o bom homem insistiu na idéia, e foi ganhando adeptos.
Deus apoiou a idéia, e, os anjos torcendo, assopravam suas vuvuzelas nas alturas. Isso chamou a atenção de Satanás, que imediatamente entrou em operação. Dias depois, seu carro estacionado na porta da igreja, veio alguns homens e começaram a tirar fotos dele. Alguém correu e avisou: “irmão, agora a pouco tinha umas pessoas tirando foto do seu carro”. Ele ficou muito preocupado, achava que poderia ser do DETRAN, com finalidade de emitir uma proibição, impedindo seu carro de trafegar (o carro era muito velho mesmo). Coitado!
No serviço, todo muito notou sua tristeza. Apesar da vida difícil, ele não era triste, pelo contrário era resignado e às vezes até sorria. Quando perguntaram o motivo de tanta tristeza, ele disse que era a preocupação de achar que seu carro iria ser proibido de trafegar, pois haviam tirado fotos dele. Foi quando seus colegas, preocupados, revelaram que estavam organizando uma surpresa para ele. E, as fotos eram para serem enviadas junto com a carta para o programa do “Caldeirão do Huck da TV Globo”. Só tinha um porem, disseram seus amigos: “você terá que dança pra todo mundo ver”.
Ele ouviu tudo aquilo e ao invés de ficar alegre pela iniciativa dos seus colegas estarem querendo lhe proporcionar uma condição de ter um carro melhor, ficou mais triste ainda, e orou ao seu Deus: “Senhor, não deixe que eu venha a dançar nesse programa, não. Não deixe meu Senhor, que isso venha acontecer comigo. Livra-me Senhor”. Lembra quando o Satanás ofereceu a Jesus todos os reinos da terra, se Ele apenas se prostrasse aos seus pés? (Mt. 4:8-9). Pois é, o nosso crente sofredor rejeitou também. Aleluia!
Para essas pessoas sofrimento de crente não passa de vento, não sabe de onde vem. Qualquer idéia é uma boa idéia, para se sair dele. Enquanto isso a igreja já tinha comprado o carro novo, e programava o momento certo para fazer a entrega.
E, aconteceu que em sua casa, certa noite, atendendo um chamado, abriu o portão, e lá estava o carro cheirando a novo com laço de presente e tudo mais que tinha direito. Imaginem com que cara ele ficou... Quando disseram a ele. “irmão, nós viemos lhe entregar este carro de presente"
Essa história é verídica, e, se deu no seio da irmandade da Igreja Presbiteriana de Vinhais em São Luis – MA.
“Seremos controlados ou por Satanás, ou pelo eu, ou por Deus. O controle de Satanás é escravidão; o controle do eu é futilidade; o controle de Deus é VITÓRIA” (autor desconhecido).

terça-feira, 20 de julho de 2010

AOS MEUS AMIGOS E IRMÃOS. ( FELIZ DIA DO AMIGO )

APRENDI

Aprendi que quando se está apaixonado.... dá pra notar!
Aprendi que quando uma pessoa me diz...
Você alegrou meu dia", isso alegra minha vida.
Que ser criança é mais importante que deixar de ser.
Que nunca deves rejeitar um presente de uma criança.
Que sempre posso orar por alguém quando não tenha outro modo de ajudá-lo.
Que não importa o quanto a vida exige que sejas sério.
Todos nós necessitamos um amigo com quem possamos dar gargalhadas.
Que algumas vezes, tudo o que uma pessoa necessita é uma mão
para segurar e um coração para entender.
Que a vida é como uma espiral: quanto mais se aproxima do final, mais rápido caminha.
Que o dinheiro não compra "classe ".
Que essas pequenas coisas que acontecem diariamente,
São as coisas que fazem a vida espetacular.
Que debaixo do duro aspecto das pessoas, ha alguém que quer ser apreciado e amado.
Que Deus não fez tudo num só dia. Então o que me faz pensar que eu posso?
Que ignorar os fatos... não os muda.
Que é o amor, e não o tempo, que cura todas as feridas.
Que cada pessoa que conheces merece ser presenteada com um sorriso.
Aprendi que ninguém é perfeito ... até que te apaixonas por alguém.
Aprendi que as oportunidades nunca se perdem, que devemos aproveitá-las.
Aprendi que as pessoas devem dizer palavras suaves e ternas,
Porque no futuro poderão ter que engoli-las.
Que um sorriso, é a maneira mais barata de ficar muito mais bonito.
Aprendi que se pode aprender... Ensina-me.
Aprendi de você o que é ser querido.
OBRIGADO POR TUA AMIZADE.
A ÁRVORE DOS MEUS AMIGOS

Existem pessoas em nossas vidas que nos deixam felizes pelo simples fato de terem cruzado o nosso caminho. Algumas percorrem ao nosso lado, vendo muitas luas passarem, mas outras apenas vemos entre um passo e outro. A todas elas chamamos de amigo. Há muitos tipos de amigos.
Talvez cada folha de uma árvore caracterize um deles.
O primeiro que nasce do broto é o amigo pai e o amigo mãe. Mostram o que é ter vida.
Depois vem o amigo irmão, com quem dividimos o nosso espaço para que ele floresça como nós.
Passamos a conhecer toda a família de folhas, a qual respeitamos e desejamos o bem.
Mas o destino nos apresenta outros amigos, os quais não sabíamos que iam cruzar o nosso caminho. Muitos desses denominados amigos do peito, do coração. São sinceros, são verdadeiros. Sabem quando não estamos bem, sabem o que nos faz feliz...
Às vezes, um desses amigos do peito estala o nosso coração e então e chamado de amigo namorado. Esse dá brilho aos nossos olhos, música aos nossos lábios, pulos aos nossos pés.
Mas também há aqueles amigos por um tempo, talvez umas férias ou mesmo um dia ou uma hora. Esses costumam colocar muitos sorrisos na nossa face, durante o tempo que estamos por perto.
Falando em perto, não podemos esquecer dos amigos distantes. Aqueles que ficam nas pontas dos galhos, mas que quando o vento sopra, sempre aparecem novamente entre uma folha e outra.
O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdemos algumas de nossas folhas.
Algumas nascem num outro verão e outras permanecem por muitas estações.
Mas o que nos deixa mais feliz é que as que caíram continuam por perto, continuam alimentando a nossa raiz com alegria. Lembranças de momentos maravilhosos enquanto cruzavam com o nosso caminho.
Desejo a você, folha da minha árvore, Paz, Amor, Saúde, Sucesso, Prosperidade...
Hoje e Sempre... simplesmente porque: "Cada pessoa que passa em nossa vida é única. Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós. Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada. Esta é a maior responsabilidade de nossa vida e a prova evidente de que duas almas não se encontram por acaso".

segunda-feira, 19 de julho de 2010

ENCONTRO SAGRADO

Encontrei-te

Estendendo-me teus braços, quando espiei o corredor do berçário com mil portas de possibilidades;
Brincando de pega-pega com as crianças;
Dando boas risadas e elas penduradas ao teu pescoço.
Na chuva que cai lá fora dos olhos da criança deixada;
No amigo imaginário dos pequeninos;
Encontrei-te
Nas entrelinhas da sagrada palavra;
Alinhavando as linhas das velhas páginas da minha história;
No teu Filho amado;
Aliviando o peso do prato das perdas e colocando mais peso nos ganhos;
Na imagem refletida sobre a superfície de uma plácida lagoa, de uma ilha no agitado oceano de mim mesmo. O nome da ilha: Lugar de Oração;
Encontrei-te

Despertando-me com o cheiro do café da manhã;
No sabor da fruta mais doce que não encontro mais;
Tocando a minha pele nos raios do sol que brilha da última galáxia no Universo que se chama alma;
No frio de inverno fúnebre em pleno ártico do meu ser;
No nevoeiro de quem somos;
Encontrei-te
Numa sossegada flor a avenida por onde jorram carros;
No beija-flor que toca a flor;
No sol retratado nos olhos de quem beija a flor;
Nos átomos que vibram suas asas, movem o ar, provocam ventos e tempestades, movem veleiros, atravessam continentes, destroem nações e apagam as velas de um último aniversário.
Encontrei-te
Ao meu lado, quando das tempestades que me pregaram sustos;
No canto escuro dos meus questionamentos;
Quando não encontrei mais palavras;
Destruindo os meus muros, quando saí na varanda de mim mesmo e olhei em torno;
Naquele que lançou luz na minha escuridão;
Encontrei-te
Acalmando-me num dia de cólera;
Quando segurei o touro pelos chifres;
Quando mergulhei de cabeça;
Quando senti o nó na garganta;
Quando enfiei minha cara no travesseiro;
Encontrei-te
No olhar angustiado da velinha carente;
No esfarrapado estendendo-se na calçada;
Nos que se arrastam com seus fardos carregados de angústias, ansiedades e depressões;
Naquele que ajudou o cego a atravessar a alucinada rua da sua existência;
Joalheiro lapidando os mais lindos corações;
Encontrei-te
Sorrindo quando acalmei a fúria com resposta branda;
Feliz quando fiz o outro feliz;
Nas mãos de quem levantou o caído;
Resgatando os encarcerados das algemas de suas culpas;
Encontrei-te
Entre cada segundo;
Quando eu corria para todas as direções;
Nas mil distrações;
Nas pequenas gentilezas;
Novamente estendendo-me teus braços no Jardim Celestial.

A GRAÇA IRRESISTÍVEL

"Não fostes vós que me escolhestes mais eu vos escolhi e vos nomiei para que vades e deis fruto e o vosso fruto permaneça."

Jesus fala de uma escolha muito singular, tenho visto os adoradores do livre arbítrio, seja lá o que isto signifique para eles, se debatendo tentado mudar o contexto deste texto em relação a chamada salvívica de Cristo aos seus escolhidos, mas este texto quando harmonizado com outros prova-nos a imensa grandeza da graça irresistível e sepulta o outro evangelho de uma vez por todas, pois elimina qualquer participação do homem na obra da salvação vejamos uma definição de graça Irresistível: "Cada membro da Trindade - Pai, Filho e Espírito Santo - participa e contribui para a salvação de pecadores. Como já foi mostrado, o Pai, antes da fundação do mundo, escolheu aqueles que iriam ser salvos e deu-os ao Filho para serem o Seu povo. Na época oportuna o Filho veio ao mundo e assegurou a redenção desse povo. Mas esses dois grandes atos - a eleição e a redenção - não completam a obra da salvação, pois está incluída no plano divino para a recuperação do pecador perdido a obra renovadora do Espírito Santo, pela qual os benefícios da obediência e da morte de Cristo são aplicados ao eleito. A doutrina da Graça Irresistível ou Eficaz está relacionada com essa fase da Salvação. Declarada de modo simples, esta doutrina afirma que o Espírito Santo nunca falha em trazer à salvação aqueles pecadores que Ele pessoalmente chama a Cristo. Ele aplica inevitavelmente a salvação a todo pecador que Ele tencionou salvar, e é Sua intenção salvar todos os eleitos."
Os cincos pontos do calvinismo chamam de chamada eficaz ou graça Irresistível o ato ou efeito de e pelo a qual Deus Atrai para Si os seus eleitos por meio da morte substitutiva de Cristo Jesus o salvador. Podemos ver a graça irresistível sob dois aspectos: Soberania de Deus e aplicação da soberania na Escolha dos salvos e réprobos.
O que temos de certo é o fato de que a graça é irresistível, não por que Deus força a natureza humana, bem longe disso, o profeta Jeremias tem uma explicação muito profunda sobre isto, vejamos. Jeremias 31:3”:
Há muito que o SENHOR me apareceu, dizendo: Porquanto com amor eterno te amei, por isso com benignidade te atraí. “
Que coisa linda que coisa Maravilhosa!!! Desculpem as minhas emoções transparecerem mais é que como diz outro grande profeta Isaias, que disse: “nunca se viu com os olhos e nem seu ouviu como os ouvidos a cerca de um Deus Como o Nosso Deus que trabalha em prol dos que nele confiam” a graça Irresistível do ponto de vista da Soberania de Deus deve ser entendida da seguinte perspectiva:
1º A soberania de Deus não é uma arma que Deus usa para exercer Seu domínio sobre a criatura racional do universo infinofinito, nem um meio pelo qual Ele ordena que tudo seja como Ele disse que seja sem que as criaturas terem responsabilidade por seus atos e escolhas, então como poderemos explicar a forma como os eleitos são atraídos a Deus ?
Por meio do amor e da imensa bondade de Deus para com seus servos. ” O profeta diz de longe, se me deixou ver o Senhor e me disse: Com amor eterno eu te Amei e com Benignidade eu te atrai. “ Temos de compreender dois fatos importante neste texto: Primeiro, Deus não falou de outro aspecto relativo a Sua personalidade, Ele falou de Si Mesmo, pois João diz: “Deus é Amor “ ,então Deus em Sua auto revelação está nos dizendo que antes do princípio primordial Ele já conhecia os seus escolhidos e tinha se doado a eles, vejamos o que J. C Ryle Diz sobre O amor “Ouçamos o que João diz: “Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor ” (1 João 5:7-8).
Não farei comentário algum sobre estes textos. Penso que será melhor deixá-los diante dos meus leitores em sua eloqüente simplicidade, e deixá-los falar por si mesmos. Se alguém está disposto a pensar que o assunto deste artigo é insignificante, apenas pedirei a ele que olhe para estes textos, e pense novamente. Aquele que desce o “amor” do santo do alto lugar que ele ocupa na Bíblia e o trata como um assunto de importância secundária, deve acertar as contas com a Palavra de Deus. Eu certamente não gastarei tempo argumentando com tal pessoa.”
Concordo plenamente que o texto é auto explicitado e profundo. A graça não é um conjunto de filosofias, não é um sermão bem elaborado ou uma porção de versículos isolados de seu contexto, não, a graça é a Pessoa do próprio Jesus Entregando-se ao pecador e dizendo Vinde A mim e achareis descanso, a graça é Deus na Cruz religando consigo o mundo, vejamos A confissão de Fé de Westminster:
CAPÍTULO VIII
DE CRISTO O MEDIADOR
. Aprouve a Deus em seu eterno propósito, escolher e ordenar o Senhor Jesus, seu Filho Unigênito, para ser o Mediador entre Deus e o homem, o Profeta, Sacerdote e Rei, o Cabeça e Salvador de sua Igreja, o Herdeiro de todas as coisas e o Juiz do Mundo; e deu-lhe desde toda a eternidade um povo para ser sua semente e para, no tempo devido, ser por ele remido, chamado, justificado, santificado e glorificado.
Ref. Isa. 42: 1; I Ped. 1: 19-20; I Tim. 2:5; João 3:16; Deut. 18:15; At. 3:20-22; Heb. 5:5-6; Isa. 9:6-7; Luc. 1:33; Heb. 1:2; Ef. 5:23; At. 17:31; II Cor.5:10; João 17:6; Ef. 1:4; I Tim. 2:56; I Cor. 1:30; Rom.8:30. II. O Filho de Deus, a Segunda Pessoa da Trindade, sendo verdadeiro e eterno Deus, da mesma substância do Pai e igual a ele, quando chegou o cumprimento do tempo, tomou sobre si a natureza humana com todas as suas propriedades essenciais e enfermidades comuns, contudo sem pecado, sendo concebido pelo poder do Espírito Santo no ventre da Virgem Maria e da substância dela. As duas naturezas, inteiras, perfeitas e distinta – as, Divindade e a humanidade – foram inseparavelmente unidas em uma só pessoa, sem conversão composição ou confusão; essa pessoa é verdadeiro Deus e verdadeiro homem, porém, um só Cristo, o único Mediador entre Deus e o homem. Ref. João 1:1,14; I João 5:20; Fil. 2:6; Gal. 4:4; Heb. 2:14, 17 e 4:15; Luc. 1:27, 31, 35; Mat. 16:16; Col. 2:9; Rom. 9:5; Rom. 1:3-4; I Tim. 2:5.”
Deus em sua soberania usa os meios a Ele lícitos para que no decurso dos tempos e nos limites do espaço por meio da pregação da sua santa palavra os pecadores eleitos sejam a Ele Atraídos de tal forma que as vezes a criatura pensa que tem algum mérito na obra de sua salvação, contudo só Deus é o autor da salvação por meio da graça através da fé.
2º A aplicação da soberania na escolha dos eleitos e dos réprobos, deve ser analisada sob dois aspectos justa-combinados que vede vejamos ainda,
CFW - CAPÍTULO XIV
DA FÉ SALVADORA:
I. A graça da fé, pela qual os eleitos são habilitados a crer para a salvação das suas almas, é a obra que o Espírito de Cristo faz nos corações deles, e é ordinariamente operada pelo ministério da palavra; por esse ministério, bem como pela administração dos sacramentos e pela oração, ela aumentada e fortalecida.
Ref. Heb. 10:39; II Cor. 4:13; Ef. 1:17-20, e 2:8; Mat. 28:19-20; Rom. 10:14, 17: I Cor. 1:21; I Ped. 2:2; Rom. 1:16-17; Luc. 22:19; João 6:54-56; Rom. 6:11; Luc. 17:5, e 22:32.
II. Por essa fé o cristão, segundo a autoridade do mesmo Deus que fala em sua palavra, crê ser verdade tudo quanto nela é revelado, e age de conformidade com aquilo que cada passagem contém em particular, prestando obediência aos mandamentos, tremendo às ameaças e abraçando as promessas de Deus para esta vida e para a futura; porém os principais atos de fé salvadora são -aceitar e receber a Cristo e firmar-se só nele para a justificação, santificação e vida eterna, isto em virtude do pacto da graça. Ref. João 6:42; I Tess. 2:13; I João 5:10; At. 24:14; Mat. 22:37-40; Rom. 16:26; Isa. 66:2; Heb. 11:13; I Tim. 6:8; João1:12; At. 16:31; Gal. 2:20; At. 15: 11.
Fé salvadora e pregação da palavra, é importante lembrarmos que sem a pregação da palavra não há verdadeira salvação, os ataques dos satânistas contra a doutrina Bíblica da Predestinação baseia-se tão sómente em crenças vãs e filosofias balofas de ímpios e mal feitores que temem a Justa Ira de Deus e o castigo eterno que lhes está reservado, sendo assim eles tem de inventar algo que engane por algum tempo as suas consciências cauterizadas e seus corações pútridos de pecados. A Fé salvadora só é alcançada por uma pessoa a quem o próprio Deus se auto revela como salvador e a ninguém mais, por isto os filhos do diabo não podem alcançar perdão, porque Jesus Não morreu por eles, não veio para salva-los. A graça é irresistível e resistida por todos os ímpios pelos quais Jesus não Morreu, mas um eleito de Deus não tem como resistir a chamada, ainda sobre isto vejamos:
CFW - CAPÍTULO XV
DO ARREPENDIMENTO PARA A VIDA
“I. O arrependimento para a vida é uma graça evangélica, cuja doutrina deve ser tão pregada por todo o ministro do Evangelho como a da fé em Cristo.Ref. At. 11: 18; Luc. 24:47; Mar. 1: 15; At. 20:21.II. Movido pelo reconhecimento e sentimento, não só do perigo, mas também da impureza e odiosidade do pecado como contrários à santa natureza e justa lei de Deus; apreendendo a misericórdia divina manifestada em Cristo aos que são penitentes, o pecador pelo arrependimento, de tal maneira sente e aborrece os seus pecados, que, deixando-os, se volta para Deus, tencionando e procurando andar com ele em todos os caminhos dos seus mandamentos. Ref. Eze. 18:30-31 e 34:31; Sal.51:4; Jer. 31:18-19; II Cor.7:11; Sal. 119:6, 59, 106; Mat.21:28-29.III. Ainda que não devemos confiar no arrependimento como sendo de algum modo uma satisfação pelo pecado ou em qualquer sentido a causa do perdão dele, o que é ato da livre graça de Deus em Cristo, contudo, ele é de tal modo necessário aos pecadores, que sem ele ninguém poderá esperar o perdão, Ref. Ez. 36:31-32 e 16:63; Os. 14:2, 4; Rom. 3:24; Ef. 1: 7; Luc. 13:3, S; At. 17:30,31. IV. Como não há pecado tão pequeno que não mereça a condenação, assim também não há pecado tão grande que possa trazer a condenação sobre os que se arrependem verdadeiramente. Ref. Rom. 6:23; Mat. 12:36; Isa. 55: 7; Rom. 8:1; Isa. 1: 18.,V. Os homens não devem se contentar com um arrependimento geral, mas é dever de todos procurar arrepender-se particularmente de cada um dos seus pecados. Ref. Sal. 19:13; Luc. 19:8; I Tim. 1:13, 15. VI. Como todo o homem é obrigado a fazer a Deus confissão particular das suas faltas, pedindo-lhe o perdão delas, fazendo o que, achará misericórdia, se deixar os seus pecados, assim também aquele que escandaliza a seu irmão ou a Igreja de Cristo, deve estar pronto, por uma confissão particular ou pública do seu pecado e do pesar que por ele sente, a declarar o seu arrependimento aos que estão ofendidos; isto feito, estes devem reconciliar-se com ele e recebê-lo em amor.”
Portanto se você meu caro leitor é uma daquelas vitimas do outro evangelho e crer que Deus ama a todos, ou que Deus ama o pecador e aborrece o pecador, quem sabe ainda acredita que pode por obras boas ser salvo ou reencarnar no fim de um vida de muitos pecados, arrependa-se já, deixe tudo isto, pois tudo isto não passa de lixo religioso, baboseira que o diabo soprou nos ouvidos de muitos líderes de seitas e falsas religiões, que são na verdade pequenas agências do inferno aqui na terra, repito, arrependa-se dos seus pecados suplique o perdão de Deus, implore, para que Cristo se torne seu Rei, seu Senhor e Salvador pessoal, faça isto do mais profundo do seu ser, do intríseco de sua alma pecaminosa e carente da Glória de Deus. Pois só assim pode haver verdadeira Salvação por meio da graça, através da fé em Jesus Cristo sómente.