Atalho do Facebook

FICAMOS ALEGRES COM SUA VISITA

ESPERAMOS, QUE COM A GRAÇA SANTIFICANTE DO ESPIRITO SANTO, E COM O DERRAMAR DE SEU AMOR, POSSAMOS ATRAVÉS DESTE HUMILDE CANAL SER VEÍCULO DA PALAVRA E DO AMOR DE DEUS, NÃO IMPORTA SE ES GREGO, ROMANO OU JUDEU A NOSSA PEDRA FUNDAMENTAL CHAMA-SE CRISTO JESUS E TODOS SOMOS TIJOLOS PARA EDIFICACÃO DESTA IGREJA QUE FAZ O SEU EXODO PARA O CÉU. PAZ E BEM

AGRADECIMENTO

AGRADECEMOS AOS NOSSOS IRMÃOS E LEITORES, POR MAIS ESTE OBJETIVO ATINGIDO, É A PALAVRA DE CRISTO SEMEADA EM MILHARES DE CORAÇÕES. PAZ E BEM

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

CANTANDO A PRIMAVERA


Falar da Primavera em meio às crises que pipocam pelo mundo afora pode parecer um contraste, uma aberração. Primavera é uma estação rica em beleza e perfume e consegue sobreviver, mesmo diante da violência, da instabilidade das Bolsas e das constantes ameaças. Sempre é bom e saudável cantar a Primavera e fazer versos em sua homenagem. Afinal, o mundo precisa de flores e de amores para amenizar um pouco as suas dores, as suas crises e as especulações de todo dia.

Um passarinho me contou que a Primavera chegou. Não perguntei nada a ele sobre a crise. Acho que ele não saberia me responder. O passarinho entende muito de música, poesia, alegria e liberdade. Sua linda plumagem e seu canto enfeitam cada manhã, seja na Primavera, Verão, Outono ou Inverno. O passarinho voou e certamente foi levar a boa nova a outras pessoas.

Fiquei paralisado pensando no fato e na notícia. Às vezes, devido à correria do dia a dia, a gente acaba se esquecendo de fatos importantes que estão acontecendo bem pertinho de nós, à nossa volta, em nosso quintal. São pequenas coisas que, em geral, passam despercebidas para a maioria das pessoas ocupadas em seu mundinho particular. A chegada da Primavera é um acontecimento digno de ser comemorado.

Vivemos um tempo de muita violência em que pessoas se agridem por nada ou quase nada. Temos carência de amor, compreensão e equilíbrio emocional. Palavras como: droga, baixaria, pornografia, estupro e pedofilia andam de boca em boca como se fossem batom, pirulitos ou balas. Tudo desceu de nível e se recolheu à vala comum, mas ainda há primaveras, passarinhos, flores e alguns versinhos feitos por alguém que ousa pensar e amar.

É maravilhoso abrir a janela de manhã e abraçar o dia cheio de vida e de sol. Dá uma sensação de que estamos renascendo e a Natureza nos saúda como a um recém chegado ao banquete da vida. Olhamos em volta e sorrimos agradecidos, afinal, acabamos de ganhar o prêmio maior: estamos vivos e podemos desfrutar de mais um dia que está à nossa frente. Os passarinhos festejam com seu canto afinado numa festa espontânea e estridente. Ganho a rua e o riso respirando o ar fresco da manhã que me abraça e me leva cheio de amor e liberdade.

A Primavera encanta poetas, religiosos, trabalhadores, violeiros, cantadores e donas de casa. O tempo, porém, é de crises. Crise de memória e de percepção. Crise de identidade e de auto-estima. Crise de amor e de perdão. O tempo cambaleia exangue e não vê que tudo se refaz nas flores que se abrem saudando a chegada da Primavera com suas flores matizadas de cores, e seu perfume.

Sempre é bom e saudável cantar a Primavera e fazer versos em sua homenagem. Afinal, o mundo precisa de flores e de amores para amenizar um pouco as suas dores, as suas crises e as especulações de todo dia.

PROCURA-SE CRISTÃOS COMPROMETIDOS

Cristãos comprometidos com a doutrina dos apóstolos, com a leitura e prática da Bíblia, com os princípios eternos de Deus revelados nas Sagradas Escrituras.

Cristãos comprometidos com a oração, com a santificação, com a consagração devocional e a intersecção. Cristãos que entendem que dar é melhor que receber.

Cristãos comprometidos com a vida em comunidade, com a unidade da Igreja, com relacionamentos sadios, com o cumprimento dos mandamentos de reciprocidade.

Cristãos comprometidos com o evangelismo, com discipulado pessoal, com o cuidado dos novos convertidos, com o crescimento da Igreja.

Cristãos comprometidos com a contribuição, com a manutenção voluntária da obra de Deus.

Cristãos comprometidos com o serviço no Reino de Deus, praticantes dos dons e ministérios recebidos da parte de Deus.

Cristãos comprometidos com os interesses de Deus e não apenas com suas próprias necessidades.

Cristãos comprometidos com a adoração bíblica e sadia, em espírito e em verdade, fundamentada naquilo que Deus é e naquilo que Ele tem feito.

Cristãos comprometidos com a obra missionária, preocupados com a expansão do evangelho até os confins da terra.

Cristãos comprometidos com o Reino de Deus a tal ponto que vão além do simples congregar.

Cristãos comprometidos com a sua denominação, lugar que Deus usou como instrumento para revelar a sua Palavra.

O PODER APOSTÓLICO


Não é incomum haver uma idealização da igreja primitiva. Habitualmente, o versiculo "e eles tinham tudo em comum" é citado como o ideal da comunidade cristã. A isto, se somam os milagres realizados pelos apóstolos. Comunhão e poder parecem ser os temas centrais desta fantasia.

Qual era este poder?

Na parábola do grão de mostarda (Mt 17.20 ) Jesus ensina que o tamanho da fé não precisa ser grande, e, usando a mesma planta, diz que, sendo a fé real, é possível até mudar um monte de lugar (Mc 11.23).

Muita vezes os cristãos se perguntam por qual razão não fazem as mesmas maravilhas daquela época - e ancorados nesses dois textos, concluem ser por terem pouca fé.

Vários caminhos podem ser seguidos na busca da resposta (ou melhor, das respostas).

Vou escolher um:
Deus é soberano: tem misericórdia de quem quer (Ex 33.19). Seus pensamentos e desejos estão fora do nosso alcance de entendimento (Is 55.9). A lógica retributiva do Seu Reino nos é absurda (Mt 19.30-20.16).

A capacidade de realizar milagres não serve ao cristão, mas ao Reino, e somente a seu serviço existe. Não fosse assim, porque o apóstolo Tiago, irmão de João, foi morto à espada apenas porque isto agradava a Herodes (At 12)? Como foi possível a execução de Estêvão (At 7), "cheio graça e poder" e que "fazia milagres e sinais entre o povo" (At 6.8).

E como o grande apóstolo Paulo chegou à cidade grega de Corinto? "Fraco e tremendo de medo (I Co 2.3), ainda que sua pregação se baseasse na "demonstração do poder do Espírito" (I Co 2.4).

E como ficou a igreja que lá ele deixou? Nela havia aqueles que se embriagavam com o vinho da eucaristia enquanto alguns passavem fome (I Co 11.17-34); alguém vivia em uma situação de incesto, tolerada pela comunidade (I Co 5); a justiça comum era usada para resolver disputas internas (I Co 6.1-11). Sua autoridade apostólico foi questionada (II Co 2.5-23). E por aí foi...

Todo e qualquer poder verdadeiramente divino não pode ser diferente! Paz e bem

CONTAMOS COM VOCÊS


Pelo Amor de DEUS, ajude a passar essa foto,
para o maior número de pessoas possível !!!
Esta garotinha foi seqüestrada na Praia do Engenho,
litoral norte de SP, ao lado de Barra do Una.
Passe a foto adiante, o custo é zero e pode ajudar muito.
Deus com certeza há de recompensar- te por isso.
Hoje estás ajudando alguém... Amanhã tu poderás ser o ajudado.
Pense nisso! Não fiques indiferente!...

Que DEUS abençoe a todos quantos ajudarem!
Informações:
Disque Denúncia > 0800 15 63 15 ou
DEIC / DIVISÃO ANTI - SEQÜESTRO
> (11)3823-5867 ou 3823-5868